Home Office: como o “novo normal” impacta a produtividade do corretor de imóveis

Home Office: como o “novo normal” impacta a produtividade do corretor de imóveis

Tradicionalmente, um dos grandes problemas que afetam a produtividade do corretor de imoveis é a falta de uma rotina de trabalho, geralmente com escalas confusas com plantões em diversos locais diferentes, com trabalho randômico de produtos, tendo que trabalhar com processos de vendas diferentes para as diversas incorporadoras etc. Isso sem dizer que muitos profissionais não recebem nenhum tipo de ajuda de custo, ou seja, além de uma rotina inconsistente, o corretor também assume o custo de deslocamento e alimentação.

A pandemia do novo coronavírus, trouxe a necessidade de quarentena, com o fechamento dos estandes de vendas, imobiliárias e atendimento presencial. Esse movimento alterou completamente a dinâmica de trabalho do corretor de imóveis, fazendo do home office não mais uma opção, mas uma necessidade.

No entanto, é importante ressaltar que embora potencializado pela pandemia, o home office não é uma novidade para os corretores. Já há muitos anos, muitos profissionais trabalham de suas casas nos dias em que não possuem plantão em estandes de vendas ou atendimentos à clientes. Com a crise econômica iniciada em 2016, a baixa demanda de clientes e diminuição de novos lançamentos obrigou as incorporadoras e imobiliárias a reduzir o número de corretores em seus plantões de vendas, o que tornou o home office a única solução para aqueles profissionais que precisavam manter uma rotina de trabalho.

Então, o que mudou para fazer com que o home office ganhasse tanta relevância para o corretor neste momento?

A resposta é o CLIENTE. Agora o cliente também está em casa. Ou seja, não se trata mais de uma questão de demanda, mas sim de comportamento. Mesmo que o corretor estivesse no estande de vendas, o cliente não está. Não me levem a mal, não estou dizendo que o cliente nunca mais voltará a frequentar os estandes de vendas ou aceitará um convite para um evento de lançamento. Mas sabemos que o cliente vai estender o processo de pesquisa e avaliação ao máximo antes de se comprometer com um atendimento presencial. E é exatamente isso que muda o jogo!

Consequentemente, a forma de trabalhar também muda, pois precisamos estar mais preparados para conduzir os atendimentos virtuais, demonstrar os produtos, fazer follow-up, sentir o senso de urgência do cliente etc., através da tecnologia.

Desse modo, se você se adaptar a esta nova forma de relacionar-se com seu cliente, você vai se surpreender como sua produtividade vai aumentar consideravelmente.

Portanto, quais são as principais vantagens do home office para corretores de imóveis?

Maior flexibilidade – O home office permite que o corretor organize sua agenda da melhor forma possível. Essa flexibilidade abre espaço para que o profissional realize outras atividades, que podem ser voltadas para a organização familiar, cuidados com a própria saúde ou capacitação. Além disso, esse benefício não se restringe aos horários comerciais, ou seja, você pode escolher fazer seu plantão à noite pois sabemos que normalmente é um ótimo horário para receber leads pelo chat online, por exemplo.

Menos deslocamentos – Se você não precisa pular de plantão em plantão, não há necessidade de deslocamento entre casa e empresa, o que provavelmente elimina horas de trânsito, o custo com gasolina ou a necessidade de utilizar transportes públicos, muitas vezes lotados.

Custos menores – Outra vantagem é que você provavelmente economizará com o fato de ficar em casa. Além do custo com deslocamento mencionado acima, você diminuirá o número de refeições fora de casa, aquele lanchinho na padaria ao lado ou aquele cafezinho com o cliente. Isso sem falar com a economia com roupas, sapatos, bolsas e maquiagem (as mulheres me entenderão!).

Sabemos que muitos corretores são autônomos, portanto, não recebem um salário fixo ou ajuda de custo para despesas tais como gasolina, alimentação etc., portanto, a cultura do home office pode ser muito positiva para o corretor imobiliário.

No entanto, a flexibilidade, comodidade e economia somente será vantajoso se o profissional tiver foco e disciplina. Caso contrário, o home office pode levar sua produtividade para o fundo do poço.

Dessa maneira, como o corretor pode ser produtivo trabalhando em home office?

Um dos principais fatores que determinam a capacidade de foco do corretor é a estrutura do seu ambiente de trabalho. Há corretores que precisam conciliar o mesmo espaço com filhos ou bichos de estimação, por exemplo. E esse ambiente nem sempre se torna totalmente propício para ajudar seu desempenho. Portanto, seguem algumas orientações que vão lhe ajudar:

Arrume o seu cantinho – O cenário ideal para um Home Office é ter um cômodo da residência reservado especificamente para suas atividades profissionais. O chamado escritório deve ser um espaço arejado, iluminado e com cadeiras confortáveis. Sabemos, contudo, que essa é uma realidade para uma minoria. Por isso, o principal desafio para o trabalho remoto é adequar sua casa e transformá-la em um ambiente produtivo.

Sendo assim, certifique-se de que há ao menos um cantinho da casa que possa ser utilizado como o seu local de trabalho. A falta de silêncio pode ser um fator negativo para sua experiência, dificultando a concentração e contato com seus clientes. Logo, busque um local silencioso, com pouco movimento de pessoas, principalmente de crianças. A partir daí, você pode fazer adaptações necessárias, como instalar extensões para ligar seus equipamentos na tomada ou transferir o modem da internet de lugar para você ter melhor sinal de internet.

Evite distrações – Para quem trabalha de casa, as distrações estão em todos os lugares, desde a louça não lavada até a última temporada do seu seriado predileto esperando para ser visto. Isso para não falar na tentação de navegar pela internet com total liberdade.

Exatamente por isso, um profissional em home office deve ser demasiadamente centrado e organizado. Mais uma vez, se você divide a casa com outras pessoas, esse desafio é ainda maior. Para evitar problemas, converse com seus familiares ou colegas de apartamento e faça-os compreender a importância de evitar interrupções e barulho durante seu horário de trabalho. Muitas vezes, interrupções acontecem simplesmente porque eles não assimilam que, embora você esteja em casa, você está trabalhando. Por esse motivo, comunicação clara e direta é essencial.

As distrações eletrônicas também são inimigas da concentração. As notificações de celular, excesso de grupos e contatos de whatsapp e publicidade nas páginas que você navega tomam a sua atenção mesmo que de forma inconsciente. Quem nunca deixou um portal de negócios para aproveitar aquele add de promoção de viagem ou se deixou atrair por aquele pop-up do seu canal de esportes favorito? A melhor saída é prevenção. Desabilite os pop-ups e notificações do seu notebook e celular.

Blocos de Foco total – Uma dica é criar “blocos” de trabalho focado. Organize todas as atividades que você precisa realizar e divida em blocos de tempo. Durante aquele bloco você não vai abrir outro e-mail, olhar o whatsapp ou beber o cafezinho. Deixe essas distrações para os intervalos entre os blocos de foco de trabalho. Por exemplo, faça um bloco de trabalho de 20 minutos, intervalo de 5 minutos, outro bloco de 20 minutos, intervalo de 10 minutos, um bloco de 35 minutos para uma atividade mais complexa. Assim, você vai iniciar e terminar uma atividade sem interrupções. Se alguém te ligar com um assunto não urgente, responda que vai retornar daqui a x minutos, quando você tiver programado o seu próximo intervalo. Mantenha um bloco de anotação ao seu lado, assim, se surgir uma ideia ou você se lembrar de alguma atividade, anote e continue o que estava fazendo.

Crie uma rotina – Observe o período em que você está mais focada e criativo. Todos nós temos um pico de produtividade ao longo do dia. Alguns pela manhã, outros são mais noturnos. Conheça o seu momento e priorize este período para atividades mais complexas como planejar uma apresentação para um cliente ou ler um contrato.

Na dinâmica da venda, rotina não significa fazer a mesma coisa sempre, mas sim, dar foco e prioridade nas atividades mais importantes, ou seja, todas as ações que precisam ser realizadas para alcançar melhores resultados.

Busque seu bem-estar – Tenha também uma rotina para se alimentar bem. É recomendável que você planeje quais serão seus horários de alimentação. Além de regular o funcionamento do seu corpo, essa prática dá espaço para você planejar o que você vai comer. Isso evita que você atrase suas tarefas porque precisa cozinhar ou fazer algum pedido de entrega de comida.

Se você é quem faz sua própria comida, organize a sua rotina semanal de forma que você tenha um período para fazer compras e cozinhar. Uma boa dica que otimiza seu tempo é separar alguns dias da semana para cozinhar em quantidade suficiente para se alimentar por dois ou mais dias. Muitas pessoas separam suas refeições em porções que são guardadas na geladeira, facilitando o preparo do almoço e do jantar.

Grande parte das pessoas que brigam com o peso beliscam lanchinhos, geralmente, biscoitos ou doces, várias vezes ao dia. Se você tiver um horário destinado a alimentação, a tendência é eliminar os lanchinhos fora de hora.

A atividade física também é fundamental para quem busca uma vida equilibrada. O bem-estar gerado pelo exercício vai além dos benefícios físicos, ajudando também a controlar a ansiedade, melhorar o sono e a disposição. Encontre um horário que te faça bem, e coloque na sua rotina. Não importa se você vai fazer atividade física todos os dias, 30 minutos por dia ou se vai fazer apenas 3 vezes na semana por 1 hora. O importante é estar em movimento.

Infraestrutura e organização – Para realizar seu trabalho remoto, você precisa contar com, no mínimo, um notebook ou tablet e um bom telefone celular, além de acesso à internet com boa velocidade, já que você provavelmente vai precisar fazer ligações de áudio e vídeo com seus clientes. É crucial, também, contar com fones de ouvido, para as tarefas envolvem algum tipo de conteúdo audiovisual. Os fones podem servir também para você evitar ruídos externos.

Organize todo o conteúdo digital de trabalho tais como tabelas de preço, apresentações, plantas, fotos etc., em pastas separadas por assunto, produto ou incorporadora. Faça também pastas de clientes onde você vai armazenar contratos, documentação e outros arquivos e informações referentes a clientes que estão em processo de compra ou que já compraram.

Tenha um arquivo com sua própria árvore de respostas para usar em atendimentos de chat ou whatsapp. Assim, você agiliza o atendimento e garante que as informações estão completas e corretas.

Faça um cartão de visitas virtual. Nos tempos atuais, onde todos estamos tão conectados, o cartão de visita virtual se apresenta como uma boa opção para compartilhar todas as suas informações de contato, site, redes sociais e outras informações que podem ser acessadas através de links, assim o seu cliente e parceiros possuem suas informações armazenadas no celular. Não conhece o cartão virtual ainda? Acesse o meu aqui no link – https://bit.ly/flaviacard

Todo corretor é gestor de si mesmo. Cito a auto-gestão como um enorme diferencial na performance de quem trabalha com vendas. Depender do seu líder para te guiar no dia a dia é uma atitude arriscada pois, geralmente, o gestor comercial é também aquele sujeito que está envolvido nas negociações, nas grandes vendas, planejamento estratégico, lançamento de novos produtos etc. Um corretor de sucesso estabelece suas próprias metas, conhece seus próprios desafios e traça seu próprio plano de ação. Conte com o seu líder para te apoiar, te dar feedback, trocar ideias etc. Não dependa dele, ou de ninguém!

Sua evolução não depende da sua empresa, do seu chefe, da sua família, da economia, do papa, do dólar ou do aquecimento global. Depende único e exclusivamente da sua atitude! Dê um primeiro passo e melhore sua rotina com foco, organização e disciplina.

Espero que eu tenha contribuído para seu crescimento.

Planeje, trabalhe e confie! Um abraço e até a próxima!

Autora: Flavia Roncetti

Fonte: http://flaviaroncetti.com.br