Como evitar mofo no apartamento

Só de ouvir a palavra mofo, muita gente fica de cabelo em pé. Apesar de ser essencial na decomposição de matéria orgânica, na fabricação de alguns queijos e também de medicamentos, ele pode ser um problema grave quando se instala em sua casa.

O mofo pode levar a problemas respiratórios ou uma infinidade de reações alérgicas. E o pior de tudo é que pode facilmente crescer em qualquer lugar: no tapete, nas roupas, nas paredes, papéis etc. Pensando nisso, montamos este artigo sobre como evitar mofo e viver com mais qualidade de vida. Acompanhe!

O que é o mofo?

O mofo nada mais é que uma comunidade fúngica que se prolifera em locais úmidos e escuros. Os microrganismos trafegam pelo ar e se multiplicam através dos esporos — estruturas que garantem sua proliferação — que, quando encontram um ambiente com condições ideais, ali se instalam e geram sua colônia.

Ele pode ser encontrado em alimentos, armários, peças do vestuário, box do banheiro, paredes, teto, madeira, peças de decoração e até mesmo dentro da geladeira. O problema é que pode levar a quadros alérgicos perigosos ou liberar substâncias prejudiciais à saúde.

Como evitar mofo?

Evitar o aparecimento do mofo é simples, basta seguir algumas dicas. Abaixo, separamos algumas delas:

Manter a casa seca

Não deixe água acumular em qualquer lugar, ventile os quartos úmidos, limpe as paredes e também o box ou cortina do chuveiro após o uso. Faça manutenções regularmente, corrigindo qualquer vazamento ou infiltração dentro e fora do apartamento.

Não abusar dos umidificadores

Não faça uso constante dos umidificadores: eles ajudam muito quem sofre de problemas respiratórios, mas podem favorecer o surgimento do mofo. Use desumidificadores e condicionadores de ar em porões — o mofo tende a crescer nesses espaços, especialmente quando o clima está úmido e quente.

Cuidar de objetos que podem ajudar a proliferá-lo

Tenha cuidado com os vasos de plantas: o mofo pode proliferar-se no solo dos vasos, portanto, use produtos específicos. Não utilize carpetes, pois o mofo encontra neles a condição ideal para se proliferar. Opte pelos tapetes que podem ser removidos e lavados facilmente. Além disso, não deixe roupas molhadas na máquina de lavar, pois isso propicia o crescimento rápido do mofo.

Como limpar e eliminar o mofo?

Evitar o aparecimento do mofo é sempre a melhor opção, mas, se o mesmo já tiver se instalado, limpar e eliminá-lo é de extrema importância. Abaixo, listamos 4 maneiras que te ajudarão nesse processo:

Usar um aspirador de pó e água

Muitas vezes, apenas secar a superfície não é suficiente para se livrar do mofo. Certos materiais, como os estofados, absorvem a umidade e promovem o desenvolvimento dos fungos. Nesse sentido, o aspirador de pó e água é um ótimo aliado, já que remove os bolsos de água que estão intrincados no material e asseguram sua completa secura.

Esfregar com água e detergente

Por mais que parece algo banal, esfregar o local em que o mofo se encontra com água e detergente é altamente eficaz. Você deve esfregar todas as superfícies e remover toda a camada do fungo. Por fim, aplicar uma solução de água sanitária ou vinagre elimina esses microrganismos.

Usar um pedaço de giz

O giz tem a capacidade de absorver a umidade do ar, assim, ajuda a manter os locais secos e, consequentemente, livres dos fungos. Basta fazer pequenos sachês com um pedaço de giz e espalhar pela casa. Quando eles estiverem úmido demais, é hora de trocar.

Utilizar produtos antimofo

Existe uma infinidade de produtos antimofo disponíveis no mercado que, além de práticos, são altamente eficazes. Opte pelos que possuem cloro, formaldeído ou glutaraldeído, ou hidróxido de sódio em sua composição. Esses compostos são os melhores quando o assunto é eliminar o mofo.

Lembre-se de manter o apartamento sempre seco e arejado, abrindo as janelas para receber a luz natural. Esperamos que essas dicas sobre como evitar mofo sejam úteis e propiciem um espaço muito mais saudável para você e sua família.